49% dos utilizadores não sentem segurança total na internet, apesar de 97% disporem de anti-vírus

A Sitecom apresenta os resultados e conclusões do estudo sobre segurança on-line realizado num universo aproximado de 6000 consumidores europeus.

Roterdão (Países Baixos), Maio de 2011 - O cibercrime é um fenómeno que não pára de aumentar, quer em termos de magnitude quer de perigo. Os utilizadores finais estão de facto cientes desta tendência, uma vez que 91% dos inquiridos manifestam preocupação sobre a sua segurança on-line e 99,5% consideram importante estarem protegidos. É impressionante o facto de 92% dos utilizadores finais referirem ter sido alvo de alguma forma de cibercrime. Apesar de uma percentagem esmagadora de 97% de todos os inquiridos utilizar um programa de anti-vírus, 49% não se sentem totalmente protegidos. Foram estes os dados apurados por uma sondagem de larga escala sobre segurança na internet, realizada pela Sitecom num universo de cerca de 6000 utilizadores europeus.

WL-351

A internet começa a ocupar cada vez mais espaço na vida dos utilizadores finais, trazendo consigo cada vez mais possibilidades. É um facto que a internet não é utilizada apenas para navegar e enviar mensagens electrónicas. São já 92% os entrevistados que declaram fazer compras na internet e 88% efectuam transacções bancárias on-line. Além disso, hoje em dia uma rede doméstica não é apenas composta por um portátil ou computador de secretária, os utilizadores finais acedem à internet em casa também através de aparelhos como, por exemplo, o Smartphone, iPhone, tablet, iPad, consola de jogos, leitor de multimédia, televisor ou leitor Blu-Ray. São 49% os entrevistados que utilizam também a rede doméstica sem fios a partir de um dispositivo móvel. Infelizmente, a ligação de diversos aparelhos móveis a uma rede doméstica e à internet implica também riscos, visto não haver protecção contra o cibercrime sob a forma de um anti-vírus.

WL-351

Os números revelam um padrão claro: são cada vez mais as actividades que passaram a ser desenvolvidas por internet e a quantidade de aparelhos com os quais os utilizadores acedem à internet “sem protecção” está também a aumentar. Isso significa um maior risco de que os utilizadores da internet se possam vir a tornar vítimas da criminalidade praticada on-line. Para dar resposta a esta necessidade, a Sitecom lança uma funcionalidade de segurança única e inovadora, a Sitecom Cloud Security, capaz de proteger todos os aparelhos ligados à sua rede doméstica contra a criminalidade on-line durante a navegação. A Sitecom Cloud Security está integrada nos novos routers (com modem) Pure E-motion | Gigabit série X 2.0.

Para mais informações aceda a www.x-series.eu

© 2021 by Sitecom B.V. All rights reserved  -  Política de privacidade